Moody’s reduz nota da Eslovênia

A redução para A1 foi feita diante dos temores de que o país seja forçado a prosseguir ajudando seus bancos em dificuldades

Washington – A Moody’s reduziu nesta quinta-feira a nota de crédito da Eslovênia em um degrau, a A1, diante dos temores de que este país da zona do euro seja forçado a prosseguir ajudando seus bancos em dificuldades.

“O primeiro elemento que orientou a decisão da Moody’s para reduzir a classificação da dívida da Eslovênia é o risco e a incerteza sobre o balanço do governo esloveno devido à situação do setor bancário”

A agência destaca que o país europeu, que entrou para a zona do euro em 2007, tem um setor bancário com ativos avaliados em 136% do PIB.

Esta soma é “relativamente grande quando comparada a outros sistemas do leste da Europa”.

Caso persista a ajuda aos bancos, a delicada situação da economia na Eslovênia se verá ameaçada.

A Eslovênia está perigosamente próxima da recessão e sua dívida, que era de 23,4% do Produto Interno Bruto quando o país adotou o euro, chega a 45,5% atualmente.