Moody’s mantém todos os ratings do Santander Brasil

A perspectiva dos ratings continua estável

São Paulo – A agência de classificação de risco Moody’s manteve todos os ratings do Santander Brasil, incluindo o rating de longo e curto prazo em moeda estrangeira em Baa2 e o de força financeira em C-, após o anúncio de reestruturação de capital do banco. A perspectiva dos ratings continua estável.

A Moody’s destacou que o anúncio de um plano de otimização do patrimônio de referência, bonificação e grupamento de ações pelo Santander ainda terá de passar pelo crivo da autoridade reguladora.

Segundo a agência, ao completar o plano de reestruturação, cerca de 10% do capital de maior qualidade do banco será substituído por instrumentos de dívida híbridos Tier 1 e Tier 2.

“O rating Baa2 do Santander incorpora a boa capitalização e performance do banco, assim como sua posição competitiva em produtos bancários de varejo como hipotecas e cartões de crédito – uma estratégia alinhada com as operações do grupo Santander em outros países da América Latina”, disse a Moody’s.

A agência também frisou que o rating leva em conta a recente melhora na qualidade dos ativos do Santander, que deve acabar aliviando a pressão sobre a lucratividade da empresa, causada, nos últimos trimestres, pelo nível relativamente alto de provisões para devedores duvidosos (PDD).

A última ação da Moody’s no rating do Santander Brasil ocorreu na quinta-feira, 03, quando a agência mudou a perspectiva dos ratings de positiva para estável, acompanhando a mudança na perspectiva do rating soberano Baa2 do Brasil, como resultado da reavaliação da capacidade do governo brasileiro de fornecer apoio sistêmico em caso de necessidade.

Fonte: Dow Jones Newswires.