Mineradoras e petróleo empurram mercado europeu para baixo

Londres – As bolsas europeias fecharam em baixa nesta quinta-feira, com investidores evitando ações de mineradoras e energia em meio à queda das commodities por preocupações com a demanda.

Segundo dados preliminares, o índice FTSEurofirst 300 caiu 0,8 por cento, a 1.138 pontos, após subir nos últimos dois dias. O índice tem alta de 2 por cento no ano.

As mineradoras sofreram a maior parte da baixa, com o índice setorial em queda de 2,2 por cento. O cobre atingiu o menor nível em cinco meses, com a preocupação de crescimento e demanda menores na China e nos Estados Unidos. Antofagasta recuou 4,1 por cento.

“As ações e as commodities caíram de forma correlata. Os mercados vão continuar nervosos e voláteis por algum tempo”, disse Philippe Gijsels, diretor de pesquisa do BNP Paribas Fortis Global Markets, em Bruxelas.

“Ainda é muito cedo para dizer se vai ser uma pausa bem-vinda ou se é o começo de algo mais severo, mas os riscos estão claramente altos.” Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 0,52 por cento, a 5.944 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,68 por cento, para 7.443 pontos.
Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,86 por cento, para 4.023 pontos.
Em MILÃO, o índice Ftse/Mib encerrou em baixa de 1,11 por cento, a 21.787 pontos.
Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou queda de 0,42 por cento, para 10.487 pontos.
Em LISBOA, o índice PSI20 teve valorização de 0,01 por cento, para 7.774 pontos.