Microsoft será a primeira a valer US$ 1 trilhão, diz Morgan Stanley

O banco elevou o preço-alvo das ações da companhia de 110 dólares para 130 dólares

São Paulo – Um relatório publicado pelo Morgan Stanley, na última segunda-feira, afirma que a Microsoft será a primeira a valer 1 trilhão de dólares em valor de mercado.

O banco elevou o preço-alvo das ações da companhia de 110 dólares para 130 dólares.

Se nos próximos 12 meses, os papéis da Microsoft alcançarem esse patamar, o valor de mercado da companhia chegaria em 1 trilhão de dólares.

Atualmente, o valor de mercado da Microsoft é estimado em 671 bilhões de dólares, ficando atrás da Apple, avaliada em 856 bilhões de dólares e da Alphabet (730 bilhões de dólares).

O otimismo do Morgan Stanley em relação à Microsoft se deve ao crescimento da companhia no mercado de computação em nuvem.

“Com um crescimento esperado da adoção da nuvem pública de 21% para 44% nos próximos três anos, a Microsoft dominará o mercado”, afirma o analista do Morgan Stanley, Keith Weiss.

No começo do mês, a Microsoft informou nesta que em breve tornará possível para governos usarem a tecnologia de computação em nuvem em seus próprios servidores.