Merval, IPC e IGBC fecham em baixa; IPSA, em alta

Na Argentina, o volume financeiro foi de 33,4 milhões de pesos (US$ 7,1 milhões), com 28 ações fechando em alta, 30 em queda e 13 estáveis

O índice Merval da Bolsa de Comércio de Buenos Aires fechou nesta segunda-feira em baixa de 0,43%, para 2.371,61 pontos.

Já o Índice Geral da Bolsa caiu 0,32%, para 142.938,76 pontos, e o Merval 25 recuou 0,43%, fechando aos 2.395,52.

O volume financeiro foi de 33,4 milhões de pesos (US$ 7,1 milhões), com 28 ações fechando em alta, 30 em queda e 13 estáveis.

No mercado de câmbio, o dólar fechou estável, cotado a 4,63 pesos para compra e a 4,67 pesos para venda.

O índice geral da Bolsa de Valores da Colômbia (IGBC) fechou nesta segunda-feira em baixa de 0,45%, para 14.184,67 pontos. O giro financeiro do dia foi de 105,3 bilhões de pesos (US$ 58,62 milhões) em 2.347 operações.

O principal indicador da Bolsa de Valores de Santiago do Chile, o IPSA, fechou nesta segunda-feira em alta de 0,20%, para 4.174,47 pontos. Já o índice geral da bolsa chilena (IGPA) subiu 0,22%, para 20.293,87 pontos. O giro financeiro do pregão foi de 72,6 bilhões de pesos (US$ 152,84 milhões) em 7.249 operações.

O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) fechou nesta segunda-feira em baixa de 52,67 pontos (0,13%), aos 39.991,19. O giro financeiro foi de 11,187 bilhões de pesos (cerca de US$ 856 milhões), em 313 milhões de títulos. Durante a sessão foram negociados títulos de 211 empresas tanto no mercado local como no global, dos quais 105 subiram, 93 caíram e 13 se mantiveram estáveis.