Merval e IGBC fecham em alta; IPC e IPSA, em baixa

Na Argentina, o Índice Geral da Bolsa ficou em 149.989,18 pontos, queda de 0,15%, enquanto o Merval 25 subiu 0,60%, para 2.460,34

O índice Merval da Bolsa de Comércio de Buenos Aires fechou nesta segunda-feira em alta de 0,80%, aos 2.430,37 pontos.

O Índice Geral da Bolsa ficou em 149.989,18 pontos, queda de 0,15%, enquanto o Merval 25 subiu 0,60%, para 2.460,34.

O volume de negócios operados em ações totalizou 65,5 milhões de pesos (US$ 14,1 milhões), com um resultado de 34 altas, 40 baixas e seis títulos estáveis.

As maiores altas foram para os papéis de Petrobras Argentina (4,02%), Petrobras (3,22) e YPF (2,34).

No mercado de câmbio, o preço do dólar subiu levemente e fechou a 4,57 pesos para a compra e a 4,62 pesos para a venda.

A Bolsa de Valores da Colômbia (BVC) fechou nesta segunda-feira em alta de 0,16% em seu índice geral (IGBC), que fechou aos 13.895,06 pontos.

O giro financeiro do dia foi de 133,308 bilhões de pesos (US$ 74,40 milhões) em 2.711 operações.

O principal indicador da Bolsa de Valores de Santiago do Chile, o IPSA, fechou nesta segunda-feira em baixa de 0,16%, aos 4.180,98 pontos.

O índice geral da bolsa chilena (IGPA) registrou redução de 0,13% em seu indicador e fechou em 20.223,40 pontos.

O giro financeiro da rodada foi de 44,74 bilhões de pesos (US$ 93,20 milhões) em 5.354 operações.

O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) fechou nesta segunda-feira em baixa de 1,18%, para 40.366,27 pontos.

O giro financeiro do dia foi de 6,264 bilhões de pesos (cerca de US$ 476 milhões).