Mercado de petróleo opera em alta à espera do G20

Porém, a perspectiva para o mercado permanece incerta devido à expectativa pelo G20

Londres – Os contratos futuros de petróleo bruto operam em alta nesta quinta-feira, mas a perspectiva para o mercado permanece incerta uma vez que os investidores estão esperando por notícias da cúpula do G-20, com preocupações sobre o conflito na Síria.

“Os preços têm se mantido relativamente estáveis esta semana”, disse Olivier Jakob, analista da Petromatrix, acrescentando que US$ 115 é agora um nível crucial para o barril de petróleo do tipo Brent para outubro. A próxima fase pode fazer com que o preço passe de uma linha de resistência para uma linha de apoio, disse ele.

Alguns analistas ressaltaram que a Líbia, onde greves e outros problemas estão prejudicando as exportações de óleo, ainda está tendo mais impacto sobre os preços de petróleo do que uma possível intervenção militar dos EUA na Síria.

“Estamos com falta de 1,5 milhão de barris por dia na produção – isso é uma grande quantidade de óleo que não está disponível para o mercado. Uma grande quantidade deste petróleo bruto teria ido para refinarias europeias”, disse Jakob.

Mais pressão está sendo colocada sobre a região do Oriente Médio por problemas simultâneos em outros locais, incluindo o Irã, que está sujeito a sanções internacionais, e o Iraque, onde os danos a dutos recentemente obstruíram os fluxos.

Nesta quinta-feira, os participantes do mercado também estão esperando por notícias do G-20, que começa em São Petersburgo, disseram analistas da corretora PVM. “Os investidores aguardam sinais da reunião do G-20 sobre a Síria”. Os analistas também ressaltaram que os agentes do mercado estão aguardando os dados do relatório do mercado de trabalho dos EUA, que deve ser publicados amanhã.

Às 7h18 (de Brasília), o brent para outubro subia 0,26% na ICE, a US$ 115,22 por barril, enquanto o contrato para outubro negociado na Nymex avançava 0,46%, a US$ 107,72 por barril. Fonte: Dow Jones Newswires.