Mercado aposta que Rio Tinto será minoritária na Riversdale

Oferta quase colocou a mineradora no controle da produtora de carvão

Melbourne – Investidores estão apostando que a mineradora global Rio Tinto vai acabar aceitando ter participação minoritária na produtora de carvão Riversdale depois que sua oferta de 4 bilhões de dólares para assumir o controle fracassou horas antes do prazo.

Até o início desta segunda-feira, a Rio Tinto tinha pouco menos de 40 por cento da Riversdale e sem sinais de que os dois principais acionistas da produtora de carvão, a indiana Tata Steel e CSN, venderiam qualquer percentual da parcela de 47 por cento que possuem.

Com as duas siderúrgicas mantendo suas participações, investidores avaliaram que a Rio Tinto continuará interessada no negócio, mas vai desistir da condição de obter 50 por cento da empresa, deixando a oferta de 16,50 dólares australianos por ação aberta por mais tempo.

“Vai ser difícil conseguir os 50 por cento nas próximas 24 horas, então eles podem jogar os dados e preferir continuar com a oferta sem impor condição na expectativa de que vão obter mais de 50 por cento”, disse Tim Schroeders, gerente de portfólio na Pengana Capital.

Os acionistas da Riversdale receberiam 16,50 dólares australianos por ação se a Rio Tinto obtivesse mais de 50 por cento de aceitações da sua proposta até às 5h desta segunda-feira (horário de Brasília). Caso contrário, o valor da oferta cairia para 16 dólares australianos por ação, continuando aberta até 6 de abril.

As ações da Riversdale operaram perto da estabilidade, a 16,14 dólares australianos, acima do valor da oferta original, indicando que os investidores esperam que a Rio Tinto prossiga com a oferta melhorada conseguindo ou não a fatia de 50 por cento.

Uma possibilidade é que a Rio Tinto obtenha pouco mais de 50 por cento e compre as participações da Tata e da CSN mais adiante, potencialmente a um preço menor que a oferta atual se os preços do carvão caírem, disseram fontes próximas do assunto.

A Rio Tinto deve fazer um anúncio ao mercado sobre a oferta no início da terça-feira, disseram fontes.