Marfrig sobe até 9% na Bolsa com notícia sobre venda de empresa

De acordo com fontes da Bloomberg, a Marfrig planeja levantar mais de 3 bilhões de dólares com a venda da Keystone Foods

São Paulo — As ações da Marfrig sobem forte no pregão desta quarta-feira. Durante a manhã, os papéis chegaram a ter ganhos de 9%, negociados a 8,36 reais na máxima.

De acordo com fontes da Bloomberg, a empresa de alimentos planeja levantar mais de 3 bilhões de dólares com a venda da produtora norte-americana de frango Keystone Foods. O valor da operação é o equivalente a 11 vezes o lucro da companhia antes de juros, impostos, depreciação e amortização no ano passado. 

Segundo a reportagem, três empresas já estariam interessadas no negócio: Tyson Foods, Cargill e Fosun. Nenhuma delas quis comentar sobre o tema.

A Keystone, adquirida pela companhia brasileira em 2010, é fornecedora do McDonald’s e de outras redes de fast food. A empresa tem operações na Coréia do Sul, China, Malásia, Tailândia e Austrália.

 

Com a venda da produtora de frango, a Marfrig planeja pagar os 969 milhões de dólares da aquisição de uma participação majoritária na National Beef Packing, sediada em Kansas City. O restante será usado para pagar dívidas.