Lupatech dispara na renda fixa após aquisição de perfuradora

Já os custos de captação da empresa caíram para o menor nível em três meses

Rio de Janeiro/Nova York – Os custos de captação da Lupatech SA estão caindo para o menor nível em três meses. A maior fornecedora brasileira de equipamentos para exploração de petróleo se posiciona para tirar proveito dos investimentos em exploração da Petróleo Brasileiro SA.

Os rendimentos dos títulos perpétuos em dólar da Lupatech com cupom de 9,875 por cento caíram 233 pontos-base desde 29 de dezembro, quando a empresa anunciou planos de incorporar a perfuradora San Antonio Brasil, para 12,87 por cento esta semana, o menor nível desde 30 de setembro, segundo dados compilados pela Bloomberg. O rendimento de papéis de dívida corporativa da América Latina com nota de crédito similar caiu 13 pontos-base no mesmo período, segundo dados do Credit Suisse Group AG.

A Lupatech está desviando seu foco para a exploração depois que a sua aposta na produção não conseguiu se materializar, provocou perdas e espalhou a preocupação de que a companhia poderia dar calote na dívida. A produção da Petrobras no ano passado cresceu no menor ritmo desde 2007, com o aumento das despesas de exploração nas maiores descobertas das Américas. O rendimento dos papéis de dívida da Lupatech subiu para o recorde de 28 por cento em 25 de novembro, levando o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social a socorrer a empresa.

“San Antonio foi um catalisador”, disse Filippe Goossens, analista da Moody’s Investors Service em São Paulo, em entrevista por telefone. “A operação facilita o aumento de capital que seria desesperadamente necessário pela empresa. É mais fácil para o BNDES colocar dinheiro numa nova Lupatech, melhor posicionada.”

‘Alternativas de mercado’

Os títulos da Lupatech pagam 8,25 por cento a mais do que a dívida em dólar do governo brasileiro com vencimento em 2041, comparado a uma diferença de 15,42 por cento um mês atrás, segundo dados compilados pela Bloomberg. O valor de face dos papéis da companhia desabou para 36,5 por cento em 23 de novembro, após a Lupatech solicitar mudanças nas cláusulas dos contratos com os detentores de títulos para poder vender ativos. Os bônus começaram a se valorizar dois dias depois, após o BNDES informar que estava buscando “alternativas de mercado” para fortalecer as finanças da empresa sediada em Caxias do Sul.

A Lupatech disse em 29 de dezembro que vai pagar R$ 50 milhões em ações pela San Antonio e assumir dívidas de R$ 100 milhões.

A San Antonio, que possui equipamentos para perfuração, construção e reparo de poços de petróleo, vai dar à Lupatech R$ 500 milhões em receita extra durante os 12 primeiros meses e permitir que a empresa concorra com Halliburton Co., Schlumberger Ltd., Baker Hughes Inc. e Weatherford International Ltd. por contratos com a Petrobras e outras produtoras, disse Alexandre Monteiro, presidente da Lupatech, em teleconferência no dia 3 de janeiro.


Venda de ações

“Estamos falando da criação de uma líder nacional”, disse Monteiro. “Esse setor é dominado pelas quatro grandes companhias internacionais.”

A Lupatech não quis responder perguntas sobre futuros pagamentos de dívida, em e-mail enviado à reportagem. A empresa precisa fazer um pagamento de US$ 6,8 milhões referente a bônus em 10 de janeiro.

A companhia vai emitir até R$ 700 milhões em ações para fortalecer o capital após não conseguir registrar lucro desde 2009, segundo dados compilados pela Bloomberg. Dois dos três maiores acionistas da Lupatech — BNDES e Petros, que é o fundo de pensão dos funcionários da Petrobras — concordaram em investir pelo menos R$ 300 milhões. A GP Investments, dona da San Antonio, também concordou em colocar R$ 50 milhões na emissão de ações.

A operação também aliviou os receios de calote pela Lupatech, disse Jansen Moura, analista de dívida corporativa da BCP Securities.

Desdobramento positivo

“A capitalização foi muito melhor do que se esperava”, disse Moura em entrevista por telefone do Rio de Janeiro. “Acho que eles vão preencher toda a quantia. É um desdobramento bastante positivo.”

A Lupatech está vendendo cada ação a R$ 4, comparado aos R$ 4,58 do fechamento de ontem em São Paulo.

A companhia ainda tem de mostrar que pode ganhar dinheiro com os equipamentos e contratos da San Antonio e pode precisar de mais ajuda dos acionistas no futuro, disse Bevan Rosenbloom, analista de dívida corporativa do Citigroup Inc.

A Lupatech tinha R$ 1,3 bilhão em dívidas no fim do terceiro trimestre, enquanto a reserva de caixa havia caído para R$ 30 milhões e o fluxo de caixa operacional livre estava negativo em R$ 100 milhões, de acordo com relatório da Standard & Poor’s de outubro.

“Superficialmente, qualquer tipo de resgate é bom”, disse Rosenbloom em entrevista por telefone de Nova York. “Mas se trata de uma garantia implícita para a vida toda? Normalmente, uma empresa não sai de uma encrenca comprando outra empresa. Isso obviamente tem de funcionar com algum tipo de apoio de uma entidade estatal.”