Lucro do Bradesco sobe 20% e ações sobem na Bolsa

Em todo o ano de 2018, o lucro líquido recorrente do Bradesco alcançou R$ 21,564 bilhões

São Paulo – As ações do Bradesco registravam forte valorização na tarde desta quinta-feira. Os papéis ordinários subiam 6,21% e os preferenciais, 4,92%, sendo negociados na casa dos 40 reais, cada um.

O segundo maior banco do país anunciou que teve lucro líquido recorrente de  5,830 bilhões de reais no quarto trimestre do ano passado, um aumento de quase 20% na comparação com o mesmo de 2017. Em relação aos três meses imediatamente anteriores, o aumento foi de 6,6%.

Em todo o ano de 2018, o lucro líquido recorrente do Bradesco alcançou R$ 21,564 bilhões, aumento de 13,4% na comparação com o exercício de 2017, quando o resultado foi de R$ 19,024 bilhões.

Os dados apresentados superaram as expectativas do mercado. Em relatório divulgado, a corretora Guide Investimentos afirmou que o banco superou grande parte do seu guidance para 2018 (Carteira de Crédito Expandida, Margem Financeira, Prestação de Serviços, Despesas Operacionais e PDD).

Veja também

Para o próximo ano, os analistas disseram que acreditam na melhora da qualidade da carteira de crédito, que deve impulsionar a rentabilidade do banco. A expectativa é ainda de uma maior redução das despesas com PDD, estabilidade dos níveis de inadimplência e continuidade da recuperação da carteira de crédito.

“Conforme temos comentado, vemos bastante espaço para a continuidade de resultados fortes dos grandes bancos, mesmo em um ambiente de manutenção da taxa de juros.”

A XP Investimentos também está otimista com os papéis e recomenda compra das ações, com preço- alvo de 49 reais.“A recomendação se baseia em: cenário de recuperação da economia e aumento da concessão de crédito; disciplina no corte de despesas operacionais e múltiplos negociando abaixo do valor que acreditamos ser justo.”