Lucro da Magazine Luiza cresce 150% e ações disparam

O desempenho da varejista no trimestre foi influenciado pelo crescimento do comércio eletrônico e das vendas mesmas lojas

São Paulo — As ações do Magazine Luiza chegaram a subir 13,6% nesta terça-feira depois que a varejista reportou um aumento de mais de 150% em seu lucro.

No primeiro trimestre do ano, a companhia teve lucro líquido de 147,5 milhões de reais. No mesmo período de 2017, havia sido de 58,6 milhões de reais. A receita líquida nos três primeiros meses de 2018 atingiu 3,613 bilhões de reais, expansão de 28,7% ante igual período do ano passado. 

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi 29,6% maior na comparação anual e chegou a 300,5 milhões de reais entre janeiro e março deste ano.

O desempenho foi influenciado pelo crescimento do comércio eletrônico e das vendas mesmas lojas físicas, que considera as unidades em funcionamento há pelo menos um ano.

A Guide Investimentos destacou os resultados apresentados pelo Magazine Luiza e a gestão do segmento de comércio eletrônico.  

“Continuamos otimistas com a empresa, que continua a mostrar evoluções significativas (com ganho consistente de participação do mercado, crescimento acelerado no e-commerce, diluição significativa das despesas operacionais, além da redução do endividamento líquido e melhora no capital de giro)”, disseram os analistas em nota enviada a clientes. 

Desde o começo do ano, os papéis do Magazine Luiza acumulam alta de 30%.