Latam estuda aumento de capital para melhorar rating

Um aumento de capital pode ajudar a reduzir os níveis de dívida da companhia

Santiago – O diretor-financeiro da companhia aérea Latam Airlines, Alejandro de la Fuente, disse nesta segunda-feira que a empresa pode estudar um aumento de capital para recuperar o grau de investimento da chilena LAN Airlines. A Latam é a maior companhia aérea da América Latina e foi formada após a fusão da LAN com a brasileira TAM, no fim do último trimestre.

Em junho, a agência de classificação de risco Fitch rebaixou a Latam para o grau especulativo, em função das notas da TAM. Um aumento de capital pode ajudar a reduzir os níveis de dívida da companhia. “Uma emissão de ações pode ser estudada”, comentou De la Fuente. “Se isso realmente acontecer, será no segundo semestre do ano que vem”, acrescentou.

Antes da fusão, a TAM reportou um prejuízo de US$ 165 milhões em 2011 e tinha uma dívida líquida total de quase US$ 4 bilhões no fim de março deste ano. A gerência da Latam acredita que a dívida da companhia vai diminuir quando as sinergias oriundas da fusão começarem a se materializar. O grupo espera uma economia de US$ 170 milhões a US$ 200 milhões no primeiro ano.

Analistas também mencionaram uma possível venda de parte do programa de fidelidade da TAM, o Multiplus, para ajudar a nova companhia a reduzir sua dívida. A TAM tem uma participação de 73,14% na Multiplus. Mas o diretor-financeiro disse hoje que, no momento, a Latam não está estudando vender sua fatia. As informações são da Dow Jones.