Juros futuros abrem em leve queda com recuo do IPCA-15

A inflação medida pelo IPCA-15 registrou alta de 0,46% em maio, após subir 0,51% em abril

São Paulo – Os juros futuros abriram a sessão desta quarta-feira, 22, em queda moderada, em reação ao resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) abaixo do esperado.

O movimento, no entanto, não foi suficiente para mudar as apostas majoritárias em uma aceleração da alta da Selic, para 0,50 ponto porcentual, na reunião do Copom do dia 29 de maio.

Às 9h19, o contrato de DI para julho de 2013 era negociado a 7,52%, de 7,53% no ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2014 caía para 8,10%, de 8,13% ontem. O DI para janeiro de 2015 recuava para 8,49%, de 8,52% na véspera.

A inflação medida pelo IPCA-15 registrou alta de 0,46% em maio, após subir 0,51% em abril.

O resultado, divulgado há pouco pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ficou dentro das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados pelo AE Projeções, que esperavam inflação de 0,42% a 0,53%, com mediana de 0,49%.

Com o resultado anunciado hoje, o IPCA-15 acumula taxas de 3,06% no ano e de 6,46% em 12 meses até maio.