JURO-DIs fazem pausa após série de altas

SÃO PAULO, 30 de novembro (Reuters) – As projeções de juros
operavam em queda nesta terça-feira, em uma pausa após uma
série de altas.

Na agenda do dia, uma pesquisa mostrou que tanto a
confiança da indústria quanto o uso da capacidade instalada do
setor caíram em novembro, um indicador favorável do ponto de
vista da inflação, assunto que vem pressionando o mercado para
cima nos últimos dias com números acima do esperado.

Às 10h11, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI)
janeiro de 2012 projetava 12,00 por cento, contra
12,05 por cento no ajuste da véspera.

O DI janeiro de 2013 estava em 12,30 ante 12,34
por cento.

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) informou que a confiança da
indústria brasileira caiu 1,1 por cento em novembro sobre
outubro, atingindo o menor patamar em um ano. O uso da
capacidade diminuiu de 85,2 por cento em outubro para 84,5 por
cento em novembro, no menor nível desde março deste ano
[ID:nN30253463].

“A capacidade produtiva não está pressionada, reflexo de
investimentos realizados e entrada de produtos importados,
porém o ritmo de produção segue elevado, com ajustes mensais
devido a alterações de estoques e demanda”, disse Inês Filipa,
economista-chefe da Icap Brasil.

O Comitê de Política Monetária (Copom) reúne-se na próxima
semana para debater a Selic e vem crescendo no mercado a
expectativa de que um aumento de juro esteja perto, mas mais
provavelmente no começo do ano que vem.

Além de números acima do esperado de inflação, essa visão é
alimentada pelas revisões para cima nas estimativas de preços
do mercado, como vem mostrando o Focus.

(Reportagem de Vanessa Stelzer; Edição de Alexandre
Caverni)