JAL obtém US$8,5 bi em IPO diante de sinais de forte demanda

As ações da Japan Airlines começam a operar na Bolsa de Tóquio em 19 de setembro

Tóquio – A Japan Airlines fixou sua oferta pública inicial de (IPO, em inglês) no teto da faixa de preço, levantando 8,5 bilhões de dólares para os cofres públicos diante de uma sólida demanda pelo segundo maior IPO do ano.

A JAL, que saiu do estado de falência em 2010 com balança de pagamentos sanada e lucros acima da média da indústria, precificou o IPO em 3.790 ienes (48,55 dólares) por ação nesta segunda-feira, após estipular uma faixa de preço entre 3.500 e 3.790 ienes. As ações começam a operar na Bolsa de Tóquio em 19 de setembro.

Pelo valor fixado, a companhia levantará 663 bilhões de ienes (8,49 bilhões de dólares), quase o dobro dos 350 bilhões de ienes que um fundo do governo japonês injetou após a falência da companhia no começo de 2010, quando as dívidas somavam 25 bilhões de dólares.

Este fundo está vendendo a participação de 96,5 por cento no IPO, o segundo maior do ano depois da oferta de 16 bilhões de dólares do Facebook.

As ações da JAL irão operar a uma relação preço/lucros de 5,3 considerando o preço do IPO, tendo em vista a previsão de lucro para este ano.