Irã não foi consultado sobre possível reunião da Opep

Apesar do excesso de oferta global e dos preços fracos do petróleo, o Irã pretende elevar sua produção em 1 milhão de barris por dia este ano

São Paulo – O Irã não foi consultado sobre uma possível reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) com produtores de fora do grupo no próximo mês, afirmou o ministro de Petróleo, Bijan Zanganeh, segundo a agência de notícias iraniana Shana.

O comentário de Zanganeh veio após o ministro de Energia da Rússia, Alexander Novak, afirmar ontem que um encontro entre membros e não-membros da Opep está previsto para fevereiro para discutir possíveis cortes na produção de petróleo.

Em reação a Novak, uma autoridade da Arábia Saudita disse que o país, maior exportador de petróleo do mundo e principal integrante da Opep, não apresentou proposta para reduzir a produção.

Apesar do excesso de oferta global e dos preços fracos do petróleo, o Irã pretende elevar sua produção em 1 milhão de barris por dia este ano, como resultado do acordo que recentemente levantou a maioria das sanções internacionais impostas a Teerã.