IPSA sobe; Merval, IGBC e IPC descem

Na Argentina, o Índice Geral da Bolsa ficou nos 133.573,93 pontos, alta de 0,18%, enquanto o Merval 25 subiu 0,99%, para 2.256,47

O índice Merval da Bolsa de Comércio de Buenos Aires fechou nesta sexta-feira em alta de 0,91%, aos 2.215,34 pontos, e acumulou perdas de 2,44% durante a semana.

No final da sessão, o Índice Geral da Bolsa ficou nos 133.573,93 pontos, alta de 0,18%, enquanto o Merval 25 subiu 0,99%, para 2.256,47.

O giro financeiro do dia foi de 44,6 milhões de pesos (cerca de US$ 10 milhões), com 29 altas, outras tantas baixas e dez títulos estáveis.

Liderando os lucros, os papéis da YPF (9,99%), da distribuidora Edenor (5,31%) e da Telecom Argentina (4,97%).

As maiores perdas do Merval corresponderam aos títulos da Sociedad Comercial del Plata (3,58%), da siderúrgica Tenaris (2,64%) e da Petrobras Argentina (2,36%).

No mercado de câmbio, o preço do dólar fechou em 4,45 pesos para venda, com alta de 0,22%.

O Índice Geral da Bolsa de Valores da Colômbia (IGBC) fechou nesta sexta-feira em baixa de 1,40%, para 15.208,24 pontos. O giro financeiro do dia foi de 245,9 bilhões de pesos (US$ 140,14 milhões) em 4.429 operações.

O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) fechou nesta sexta-feira em baixa de 0,43%, para 39.408,61 pontos. O giro financeiro do dia foi de 8,888 bilhões de pesos (US$ 678 milhões). 

O índice IPSA, da Bolsa de Valores de Santiago do Chile, fechou nesta sexta-feira em alta de 0,18%, para 4.529,11 pontos. O índice geral da bolsa chilena, o IGPA, subiu 0,07%, para 21.706,60 pontos. O giro financeiro foi de 131,2 bilhões de pesos (US$ 272,26 milhões), em 7.555 operações