IPO da Caixa Seguridade será ainda em 2015, diz Levy

De acordo com o ministro, não está sendo analisado abrir o capital da Caixa

Brasília – O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse que a abertura de capital da Caixa Seguridade deverá ser feita ainda em 2015.

“Há a intenção de fazer isso (abertura de capital). Temos de ver prazos, condições de mercado, etc. Toda abertura de capital é contingente, a presidente foi cuidadosa na medida certa”, afirmou.

“Isso vai seguir ritual normal de qualquer oferta pública.”

De acordo com Levy, não está sendo analisado abrir o capital da Caixa Econômica Federal. Ele disse ainda não ter informações sobre se há intenção no governo de fazer uma oferta pública da BR Distribuidora.

Para o ministro, a operação deverá ser vantajosa também para os sócios da Caixa no negócio de seguros. Como o Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, antecipou, há preocupações dos sócios franceses na Caixa Seguridade em relação à abertura do capital.

“Os franceses estão em uma atividade específica dentro do negócio geral. Só consigo ver repercussões positivas para eles”, completou.

A presidente da Caixa, Miriam Belchior, disse ainda que a oferta pública é um negócio importante para a expansão do banco.

“Será ouvido todo mundo que é necessário ouvir, inclusive os parceiros da seguradora, que são os franceses. Temos a convicção de que será um negócio bom para todos os envolvidos”, afirmou Miriam.