Invepar planeja abrir capital em 12 meses

O presidente da companhia disse que, no momento, a Invepar se prepara para se tornar uma empresa de capital aberto

São Paulo – O presidente da Invepar, Gustavo Rocha, disse, nesta quinta-feira, que a companhia espera abrir seu capital em até 12 meses. A decisão, no entanto, conta o executivo, dependerá do aval dos acionistas da empresa e de oportunidade do mercado.

Rocha disse que, no momento, a Invepar se prepara para se tornar uma empresa de capital aberto. “Vamos estruturar a companhia para fazer um IPO de uma empresa madura”, contou o executivo, que participou nesta quinta-feira do 22º Congresso da Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado (Apimec). Ele disse que a Invepar está se “equacionando” para a onda iminente de investimentos em infraestrutura no Brasil.

Em relação às debêntures de infraestrutura, Rocha diz que a companhia está analisando a ferramenta e que nos próximos meses poderá ter “alguma novidade”. Segundo ele, essa modalidade se encaixaria em todos os projetos nos quais a Invepar está engajada hoje.

Rocha afirmou também que a companhia analisará todos os projetos em concessões rodoviárias que devem sair em breve, mas não especificou se a empresa está interessada em algum trecho em especial. Ele disse, ainda, que empresa mantém seu interesse nos leilões dos aeroportos, mas que o foco é, agora, em Guarulhos. No início do ano, a Invepar saiu ganhadora do leilão do aeroporto paulista.

Sobre Guarulhos, o executivo disse que as obras já começaram e que dentro de aproximadamente seis meses a empresa terá notícias de obras menos complicadas, como o estacionamento. “O grande projeto é fazer o novo terminal”, disse.