Intervenção do governo aumenta perdas de títulos em dólar

Os papéis corporativos brasileiros emitidos no exterior acumularam uma perda de 1,03 por cento neste mês

Sã Paulo – Novembro termina com a maior queda dos títulos de dívida em dólar emitidos por empresas brasileiras desde maio. A intervenção do governo no mercado está levando a um êxodo de investidores da economia local.

Os papéis corporativos brasileiros emitidos no exterior acumularam uma perda de 1,03 por cento neste mês, em comparação a um ganho de 2,22 por cento para os títulos chineses, 0,44 por cento para os indianos e 0,45 por cento para os russos, segundo dados compilados pelo JPMorgan Chase & Co. Já as captações externas caíram para US$ 4 bilhões, o menor valor desde julho.

O real teve uma perda de 3,2 por cento, a maior queda entre as principais moedas globais. O governo da presidente Dilma Rousseff está forçando empresas do setor elétrico a reduzirem tarifas e bancos a cortarem juros, o que tem impacto na perspectiva para os lucros.

As medidas estão levando investidores a exigir prêmios maiores em papéis do País, de acordo com, Henry Stipp, que administra US$ 3 bilhões como co- head de renda fixa para mercados emergentes na Threadneedle Asset Management.

“O que o mercado está pedindo é algo novo”, disse Stipp em entrevista por telefone de Londres. “Se você detém títulos ou ações no Brasil, tem que se perguntar qual será o próximo setor em que eles vão intervir.”

O Ministério da Fazenda não quis comentar se a intervenção do governo está afetando investimentos no País.