Índices europeus recuperam-se e interrompem quedas

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais bolsas europeias, subia 0,35%, aos 1.022 pontos

Paris/Londres – As bolsas de valores europeias subiam nesta quarta-feira, interrompendo uma série de três dias de quedas, após a autoridade do Banco Central Europeu Ewald Nowotny levantar a perspectiva de medidas que podem alavancar o poder de fogo do novo fundo de resgate da zona do euro.

Nowotny disse que há argumentos para dar uma licença bancária ao fundo permanente de resgate europeu, uma ideia que o BCE havia rejeitado até agora, provocando uma recuperação do euro assim como das ações espanholas e italianas, que afundaram cerca de 10 por cento em três sessões.

Às 8h35 (horário de Brasília), o índice FTSEUROFIRST 300 , que reúne as principais bolsas europeias, subia 0,35 por cento, com 1.022 pontos, revertendo as perdas iniciais, enquanto o índice de blue chip da zona do euro Euro STOXX 50 avançava 1,14 por cento, com 2.176 pontos.

O diretor do Barclays France Franklin Pichard alertou que a recuperação pode ser por pouco tempo, apontando para o fluxo contínuo de notícias negativas vindas das economias europeias e dos países que mais têm enfrentado dificuldades com a crise da dívida.

“A desaceleração no crescimento da economia global continua moderada, mas começou a arrastar os resultados das companhias e as previsões, que estavam até que resistentes até agora”, disse.

“De forma geral, a Espanha permanece como o grande foco”.