Bolsas europeias avançam com expectativa de novos estímulos

O FTSEurofirst, índice que reúne as principais ações europeias, avançou 1,09%, aos 982,61 pontos

Londres – Os investidores aproveitaram para comprar ações europeias consideradas baratas nesta quinta-feira, apostando que dados frágeis sobre a economia poderiam levar a novos estímulos por parte de bancos centrais, mas com a crise na Grécia ainda não resolvida esse rali é visto como de curta duração.

O FTSEurofirst, índice que reúne as principais ações europeias, avançou 1,09 por cento, a 982,61 pontos, recuperando cerca de metade das perdas no pregão anterior e deixando o patamar mínimo em cinco meses (964 pontos)estabelecido na semana passada.

Os PMIs (índices de gerentes de compras) da zona do euro apontaram para profunda desaceleração da atividade no setor privado, enquanto na Alemanha a possibilidade de a saída da Grécia do bloco monetário golpeia a confiança na maior economia da região.

Embora duros, os dados elevaram expectativas de ações de apoio aos mercados por parte do Banco Central Europeu (BCE).

Os operadores europeus também acompanharam a tendência da véspera nos mercados norte-americanos, que recuperaram perdas perto do fechamento.

“No curto prazo, os operadores de ações podem correr atrás do mercado por um dia ou dois em alta, se eles pensarem que o BCE está fazendo alguma coisa… No entanto, eu não chegaria à conclusão de que qualquer notícia ruim é suficientemente precificada em ações”, avaliou um estrategista de renda variável de um grande banco europeu.

Reforçando as atuais preocupações, a bolsa grega teve um abrupto desempenho em terreno negativo, recuando 4,5 por cento e atingindo seu nível mais baixo em mais de duas décadas.

Em LONDRES, o índice Financial Times subiu 1,59 por cento, a 5.350 pontos.
Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 0,48 por cento, para 6.315 pontos.
Em PARIS, o índice CAC-40 teve alta de 1,16 por cento, a 3.038 pontos.
Em MILÃO, o índice Ftse/Mib se valorizou 1,13 por cento, para 13.107 pontos.
Em MADRI, o índice Ibex-35 avançou 1,46 por cento, a 6.534 pontos.
Em LISBOA, o índice PSI20 subiu 0,20 por cento, aos 4.596 pontos.