Índices americanos aliviam queda e S&P enfrenta teste técnico

Nova York – Os principais índices das bolsas de valores dos Estados Unidos apresentavam pequenas valorizações no pregão desta sexta-feira, diante da forte queda na semana até a véspera, mas investidores mostravam pouca disposição em apostar no mercado acionário.

Às 14h44 horas (no horário de Brasília), o Dow Jones registrava valorização de 0,34 por cento, a 11,810 pontos. O Standard & Poor’s 500 avançava 0,16 por cento, a 1.218 pontos. O Nasdaq registrava oscilação negativa de 0,24 por cento, a 2.581 pontos.

O índice Standard & Poor’s 500 deve enfrentar nesta sessão um teste de nível técnico importante. As vendas na sessão de quinta-feira levaram o indicador a cair para baixo do nível de suporte de 1.230 pontos. O próximo teste importante para o índice será se ater à sua média móvel em 50 dias, pouco acima de 1.200 pontos, possivelmente preparando o cenário para um repique.

Crescentes temores sobre a crise da dívida europeia levaram os índices norte-americanos a registrar sua pior semana em dois meses.

Autoridades da zona do euro e do Fundo Monetário Internacional (FMI) têm discutido a ideia de que o Banco Central Europeu (BCE) faça empréstimos ao FMI, a fim de que ele tenha recursos suficientes para resgatar mesmo grandes economias endividadas da zona do euro, segundo a Reuters noticiou na quinta-feira. “É um giro financeiro fraco, então é difícil para nós dar crédito a uma recuperação em relação ao desempenho do mercado ontem”, disse o co-gerente de trading na Themis Trading, Sal Arnuk, em Nova Jersey. “Estamos avaliando as notícias sobre a Europa, o que acontecerá com a zona do euro e a reação à recuperação dos bônus da Espanha”.