Índice Bovespa sobe com expectativa sobre avanço na Europa

Bolsa brasileira sobe 2,57%, aos 55.399 pontos. O volume financeiro era de R$ 1,43 bilhão

São Paulo – A Bovespa operava em alta nesta sexta-feira, em um ajuste à queda da véspera e seguindo o otimismo dos mercados externos sobre um avanço na solução da crise da dívida na zona do euro, apesar da ausência de novas notícias.

Às 12h37 o índice subia 2,57 por cento, a 55.399 pontos. O volume financeiro era de 1,43 bilhão de reais.

Nos Estados Unidos, o índice Dow Jones subia 1,83 por cento e o Standard & Poor’s avançava 1,85 por cento, enquanto na Europa, o índice FTSEurofirst valorizava 2,50 por cento.

“O dia está sem notícias e a agenda econômica está vazia.

Há um ajuste técnico”, explicou o estrategista-chefe da SLW, Pedro Galdi, em referência ao recuo de 1,74 por cento no pregão de quinta-feira.

“A Grécia aprovou o corte de gastos, o que permite a liberação de mais uma tranche (de resgate pelo FMI e UE) e dá para respirar por mais um tempo”, disse o estrategista. No mercado interno, segundo Galdi, o comportamento do índice também era influenciado pelas cotações das commodities, que sobem e levam as ações das blue chips Petrobras e Vale a se valorizarem.

O primeiro papel subia 2,1 por cento, enquanto o segundo ganhava 1,9 por cento. O índice de commodities Reuters-Jefferies avançava 1,5 por cento, enquanto os futuros do petróleo nos EUA ganhavam 2,4 por cento.

Para o restante do dia, Galdi acredita que o índice deve se manter em alta, desde que autoridades europeias não façam declarações negativas.