Bovespa recua após fracos dados de emprego nos EUA

Na mínima do pregão de hoje, o índice da bolsa brasileira chegou a cair 2%

São Paulo – O principal índice acionário da Bovespa recuava nesta sexta-feira, após cinco pregões seguidos de alta, com os fracos dados de emprego nos Estados Unidos reacendendo temores sobre o ritmo de recuperação da maior economia global.

Às 12h39, o Ibovespa recuava 1,85 por cento, a 55.335 pontos. Na mínima, o índice chegou a cair 2 por cento. O giro financeiro do pregão era de 2,00 bilhões de reais.

“Os dados do payroll nos Estados Unidos vieram um pouco abaixo do esperado, adicionando pressão aos mercados”, afirmou o analista João Pedro Brugger, da Leme Investimentos. “Também vemos uma correção na Bovespa, com alguma realização de lucros depois dos ganhos nos pregões anteriores.” A economia norte-americana criou 80 mil empregos fora do setor agrícola em junho, abaixo da estimativa de 90 mil vagas, segundo pesquisa da Reuters.

O dado reforçou temores de que a recuperação do país estaria perdendo ritmo e ampliou a pressão para que o Federal Reserve (banco central dos EUA) adote novas medidas de estímulo.

“O otimismo que tivemos no fim da semana passada diminuiu e o mercado está esperando pelos próximos passos, principalmente do Federal Reserve em sua próxima reunião”, disse Brugger.

A alta no custo da dívida da Espanha e Itália também pesava nos mercados. Os rendimentos dos títulos de 10 anos do governo espanhol superaram 7 por cento, nível considerado insustentável.

Na Itália, subiram para quase 6 por cento.

Em Wall Street, o Dow Jones tinha queda de 1,37 por cento, enquanto o principal índice de ações europeias fechou em baixa de 1,0 por cento.

Na bolsa paulista, a ação preferencial da Petrobras caía 2,1 por cento, a 19,19 reais, e as da Vale , com baixa de 1,8 por cento, a 39,78 reais. OGX caía 0,8 por cento, a 6,08 reais.

B2W, que subiu 27 por cento nos últimos cinco pregões, recuava 5,5 por cento nesta sexta-feira, a 6,67 reais, e era a maior queda do Ibovespa.

Apenas 4 ações operavam em alta nesta sexta-feira, com destaque para Vanguarda Agro, que subia 2,78 por cento, a 0,37 real.