Ibovespa avança com ajuda externa e balanços no radar

Também repercutia decisão liminar de ministro do Supremo Tribunal Federal afastando o presidente da Câmara dos Deputados

São Paulo – O principal índice da Bovespa avançava nos primeiros negócios desta quinta-feira, beneficiado pela melhora externa, particularmente a alta do petróleo, com balanços de empresas como Smiles e Braskem na pauta doméstica.

Também repercutia decisão liminar de ministro do Supremo Tribunal Federal afastando o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do mandato de deputado federal, mas com efeito limitado nos negócios.

Às 10h08, o Ibovespa subia 0,6%, a 52.870 pontos.

Mais informações em instantes