Ibovespa segue exterior e opera acima dos 50 mil pontos

Se continuar nessa toada, a Bolsa pode fechar seu primeiro mês do ano com ganhos

São Paulo – O Ibovespa começou o pregão desta segunda-feira, 31, registrando ganhos operando acima dos 50 mil pontos, ajudado pelo sinal positivo das principais bolsas das economias avançadas.

Se continuar nessa toada, a Bolsa pode fechar seu primeiro mês do ano com ganhos.

A última vez que isso ocorreu foi em outubro de 2013. O ajuste de carteiras dos investidores deve trazer maior volume aos negócios hoje.

No radar estão o discurso da presidente do Federal Reserve, Janet Yellen (10h55), dados de atividade industrial do ISM de Chicago (10h45), embora os eventos mais esperados da semana para as bolsas sejam a reunião de política monetária do Banco Central Europeu, na quinta-feira, 3 de abril, e os dados de emprego dos Estados Unidos, na sexta-feira, 4 de abril.

As ações da Petrobras também seguem na mira do investidor diante das articulações da base aliada do governo no Congresso para barrar a criação da CPI da Petrobras no Senado, cujo requerimento de abertura tem leitura em plenário prevista para amanhã pelo presidente do Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Às 10h22, o Ibovespa subia 0,47%, aos 50.0002,20 pontos. As ações da Petrobras perdiam 0,38% (PN) e 0,47% (ON). As ações da Vale subiam 1,08% (PNA) e 1,39% (ON). Eletrobras ON tinha alta de 1,11% e Banco do Brasil ON, de 0,81%.

Em Nova York, no mercado futuro, os índices subiam antes da fala de Yellen, com Dow Jones em alta de 0,52%, Nasdaq, de 0,73% e o S&P 500 com ganhos de 0,54%.