Ibovespa opera no vermelho; Banco do Brasil sobe forte após recorde

Ações da Embraer também valorizam após empresa fechar contrato com a chinesa Minsheng Financial Leasing

São Paulo – Após um pregão ditado pelo otimismo na véspera, o Ibovespa tinha fôlego apenas para atingir os 0,2% de valorização e ceder ao movimento negativo no início desta tarde. O mesmo desempenho era verificado nas principais bolsas da Europa.

Dentre os motivos para a aversão ao risco está a notícia de que a agência de classificação de risco Moody’s rebaixou as notas da dívida soberana da Itália, Espanha, Portugal, Malta, Eslováquia e Eslovênia, e colocou em perspectiva negativa as da França, Áustria e Reino Unido, que possuem a avaliação máxima.

A revisão para baixo das notas e perspectivas de um total de nove países europeus ‘reflete a suscetibilidade dos crescentes riscos financeiros e macroeconômicos que emanam da crise da zona do euro’, detalhou a agência em comunicado.

Este vídeo não será exibido em iPad e alguns tablets Android:

/libc/player/liquid3.swf
Banco do Brasil

As ações ordinárias do Banco do Brasil (BBAS3) assumiam a ponta positiva do Ibovespa, com ganhos de 2,7% na máxima do dia, ao preço de 27,12 reais. Os papéis sobem 14% em 2012.

O banco anunciou hoje um lucro líquido recorde de R$ 12,1 bilhões em 2011, crescimento de 3,6% em relação a 2010. O desempenho corresponde a retorno anualizado sobre o patrimônio líquido (RSPL) de 22,4%. O resultado recorrente alcançou R$ 11,8 bilhões, evolução de 10,2% sobre o ano anterior.

A carteira de crédito em conceito ampliado, que inclui garantias prestadas e os títulos e valores mobiliários privados, somou R$ 465,1 bilhões em 2011, evolução de 19,8% em 12 meses.

Embraer

Com alta de 4,3% na semana, as ações ordinárias da Embraer (EMBR3) também ganhavam destaque no radar dos investidores. Na máxima do dia, a alta dos papéis era de 2,5%, negociados a 12,79 reais.

O mercado repercute hoje a notícia de que a empresa fechou acordo com a chinesa Minsheng Financial Leasing Co. para três jatos executivos do modelo Lineage 1000, segundo comunicado.