Ibovespa em dia de pouco fôlego; Cyrela cai após rebaixamento

Governo grego bate o martelo e alcança acordo sobre medidas de austeridade

São Paulo – O Ibovespa passava a desvalorizar no início da tarde, após os partidos que formam o governo de união nacional na Grécia fecharem acordo sobre o novo pacote de medidas de austeridade para garantir novo aporte de ajuda internacional. Desta forma, Atenas cumpre com as exigências dos sócios comunitários e do Fundo Monetário Internacional (FMI) para autorizar a continuidade da ajuda à Grécia e evitar assim a quebra do país em março.

A principal referência da bolsa brasileira subia 0,7%, aos 66.323 pontos, na máxima do dia. Na semana, o índice apresenta uma alta de 1,1%. No entanto, a variação era negativa em 0,16% no início da tarde.

O grupo bancário e de seguros da Holanda ING afirmou que os efeitos da crise de dívida da Europa estão piorando e alertou para sérias consequências de um calote desordenado da Grécia, depois que fez mais provisões para dívidas de difícil recuperação.

A companhia, que anunciou nesta quinta-feira lucro trimestral abaixo do esperado, alertou que a crise de dívida da Europa está afetando a economia real cada vez mais e divulgou uma alta de 21 por cento nas reservas de capital para perdas com calotes no quarto trimestre. As ações do grupo tombavam 4%, pressionando o índice de ações de seguradoras europeias.

Este vídeo não será exibido em iPad e alguns tablets Android:

/libc/player/liquid3.swf

Cielo

Com alta de 118% em um ano, as ações ordinárias da Cielo (CIEL3) subiam 1,2% na máxima do dia, após a empresa divulgar seus resultados.

A Cielo anunciou um lucro líquido de 504,5 milhões de reais no quarto trimestre de 2011, alta de 13,8 por cento em relação aos 443,3 milhões de reais registrados no mesmo período um ano antes, e o pagamento de 666,2 milhões de reais a acionistas. No ano de 2011, a empresa teve lucro líquido de 1,810 bilhão de reais, queda de 1% ante 2010.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) teve elevação de 7,9%, para 654,5 milhões de reais no trimestre, segundo resultado da empresa processadora de transações com cartões de crédito e débito.


Cosan

As ações ordinárias da Cosan (CSAN3) também operavam no campo da valorização no início desta tarde. Os papéis da companhia subiam 2,1%, negociados a 29,75 reais.

A maior exportadora de açúcar do Brasil, teve lucro líquido de 93,8 milhões de reais no terceiro trimestre fiscal de 2012, alta de 142% na comparação anual, informou a companhia. lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês), somou 494,6 milhões de reais, queda de 7% frente ao ano anterior.

Segundo a empresa, a alta do lucro “explica-se principalmente pelo incremento de 89,4 milhões de reais devido a melhor performance operacional e financeira… parcialmente compensados pela aumento da despesa com imposto de renda e resultado atribuído a minoritários”.

Cyrela e Even

A Cyrela (CYRE3) e a Even (EVEN3) tiveram suas recomendações reduzidas pelo Goldman Sachs Group Inc.A Cyrela foi reduzida de “neutra” para “venda” enquanto a Even, de “compra” para “neutra”.

As ações ordinárias da Cyrela estão entre as maiores desvalorizações do Ibovespa. Na mínima do dia, a queda atingia 4,5%. Os papéis da Even amargavam perdas de 0,6%.