Guardian: capitalização é sinal de crescimento do Brasil no mundo financeiro

O jornal inglês The Guardian também afirma que os investidores europeus estão fugindo dos ´moribundos mercados de capitais na Europa e nos Estados Unidos`

São Paulo – O jornal inglês The Guardian, um dos mais importantes do Reino Unido, trouxe nesta segunda-feira uma reportagem sobre a capitalização da Petrobras. De acordo com o texto, a nova oferta de ações da empresa, que deverá ser a maior do mundo nesse gênero, é o “o mais recente” e “o maior sinal” do crescimento do Brasil no mundo financeiro.

“As economias em desenvolvimento como o Brasil estão crescendo porque vendem petróleo, minérios e metais, a preços recordes”, afirma a jornalista Elena Moyá, em seu texto. A reportagem lembra ainda a tendência dos investidores europeus, que estão migrando para os mercados emergentes, para escapar dos “moribundos mercados de capitais na Europa e nos Estados Unidos”.

“O sistema financeiro [dos países em desenvolvimento] foi menos atingido pela crise financeira e seus bancos mais tradicionais evitaram os complexos empréstimos subprime, que levaram à recessão global”, afirma a reportagem.

O Guardian acrescenta que a Petrobras usará os fundos angariados para ajudar no financiamento de seu plano de investimento até 2014, com orçamento de 224 bilhões de dólares. “A Petrobras pretende fazer do Brasil um dos principais exportadores de petróleo no mundo”, salienta o texto.

Leia mais notícias sobre a capitalização da Petrobras

Siga as últimas notícias de Mercados no Twitter