Gol sobe 8,15%; Dólar a 3,09 reais…

Bolsa cai de novo

O Ibovespa voltou a cair 0,1% nesta sexta-feira, fechando em 67.748 pontos, puxado para baixo pelas ações dos bancos e da Petrobras. Dos bancos, o Bradesco caiu 0,21% e o Santander 0,95%. As ações preferenciais da Petrobras caíram 1,58%, acompanhando a queda do barril de petróleo — os contratos futuros do tipo Brent recuaram 0,5%. Nas altas, destaque para a empresa de logística Rumo, que subiu 3,98%, apesar de ter apresentado prejuízos de 96%. Na avaliação de analistas, a empresa apresentou propostas “ótimas” para 2017. As exportadoras de papel e celulose Fibria e Suzano subiram 2,87% e 2,09% respectivamente, após o preço da celulose subir pela 15ª semana consecutiva na China, atingindo o maior patamar desde janeiro de 2016. A maior alta do dia foi da empresa de educação Estácio, 5,72%. Na semana, o Ibovespa subiu 2,5%

__

9ª semana de queda

Apesar de ter fechado em alta de 0,28% na semana, cotado em 3,0928 reais para venda, o dólar caiu pela nona semana consecutiva. Nas últimas nove semanas, o dólar já sofreu perda acumulada de 8,78%, sendo 0,53% nesta semana. A moeda americana também avançou no índice do dólar que a compara a uma cesta de moedas. A correção acontece às vésperas do feriado do Dia do Presidente, na segunda-feira nos Estados Unidos.

__

Raia Drogasil cai

O valor das ações da farmacêutica Raia Drogasil caiu 2,09%. Embora a companhia tenha apresentado, ontem à noite, bons resultados no ano passado, a queda se deve a um movimento de realização de lucros, já que em 2016 as ações subiram mais que o dobro do Ibovespa. O lucro da Raia Drogasil foi de 87,1 milhões de reais no último trimestre do ano passado — um crescimento de 11,2% em relação ao mesmo período de 2015. No ano, os lucros foram 32% maiores, chegando a 451,2 milhões de reais.

__

Gol sobe

Fora do Ibovespa, as ações da Gol subiram 8,15% nos papéis preferenciais. A companhia apresentou resultados nesta sexta-feira, com prejuízos de 30,2 milhões de reais, bem abaixo dos resultados de um ano antes, quando perdeu 1,1 bilhão de reais. A receita da companhia subiu 0,5%, para 2,6 bilhões de reais. Além disso, a companhia também anunciou mudanças na compra de passagens. Agora haverá duas faixas de preços: uma com bagagem, para quem quiser despachar as malas; e outra, mais barata, sem direito a despachar malas. A medida passará a valer no dia 14 de março. As ações da empresa de fidelidade Smiles subiram 4,61% no Ibovespa.

__

CCR capta 4 bilhões

A concessionária CCR afirmou que terminou uma nova oferta pública de ações, conseguindo um valor pouco maior do que 4 bilhões de reais. A empresa emitiu 254,4 milhões de novas ações ao preço de 16 reais cada uma. O capital da empresa agora está estimado em 6 bilhões de reais, com cerca de 2 bilhões em ações ordinárias. Os papéis da companhia subiram 0,54% no Ibovespa.

__

Construções via FGTS

O governo federal aumentou o limite de financiamento de imóveis com recursos do FGTS para 1,5 milhão de reais. Segundo cálculo da Secretaria de Planejamento e Assuntos Econômicos (Seplan), a mudança deverá injetar 4,9 bilhões de reais na economia brasileira só em 2017. Se a previsão se concretizar, o PIB deste ano deverá ter um aumento de 0,07 ponto percentual com a mudança, que faz parte da estratégia de retomada do crescimento do governo. O presidente Michel Temer também enviou nesta sexta-feira um projeto de lei que acaba com a multa patronal para demissões sem justa causa. Atualmente de 10% sobre o valor na conta, a multa deve ser reduzida 1 ponto percentual por ano nos próximos dez anos.