Gerdau desaba na Bolsa após anunciar reestruturação

A companhia anunciou uma redistribuição das operações em três divisões para América do Norte, América do Sul e Brasil

São Paulo – As ações preferenciais da Gerdau lideram as perdas do Ibovespa na manhã desta terça-feira. Os papéis registravam perdas de 5,12%. As ações da Metalurgia Gerdau também caiam forte, queda de 4,69%.

Em comunicado enviado ao mercado, a companhia anunciou uma reestruturação dos negócios nas Américas. Haverá uma redistribuição das operações em três divisões para América do Norte, América do Sul e Brasil.

Denominado de Projeto Gerdau 2022, a medida visa “obter maiores sinergias estratégicas e operacionais.”

A empresa explicou que as operações no México e as Joint Ventures na República Dominicana, na Guatemala e no México passam a integrar a Operação de Negócio América do Norte, atualmente composta pelas operações de aços longos no Canadá e nos Estados Unidos.

Também foi criada a Operação de Negócio América do Sul, que será integrada pelas operações de aços longos na Argentina, no Chile, na Colômbia, no Peru, na Venezuela e no Uruguai.

Já a operação de Minério de Ferro passa a integrar a Operação de Negócio Brasil, atualmente composta pelas operações de aços longos e planos no Brasil e de carvão e coque metalúrgico na Colômbia.

No ano, as ações da Gerdau acumulam perdas de quase 30%.