Gafisa avança com possível proposta da GP e de Sam Zell

A Equity International, do investidor americano Sam Zell, e a GP Investments podem elevar sua oferta por ativos da companhia

São Paulo – A Gafisa SA, quinta maior construtora residencial do País por receita, sobe na bolsa diante de especulações que a Equity International, do investidor americano Sam Zell, e a GP Investments Ltd. podem elevar sua oferta por ativos da companhia.

A ação (GFSA3) subia 1,6 por cento, para R$ 5,13, às 13:00, o terceiro maior ganho entre os membros do índice Bovespa Real Estate, que recuava 0,3 por cento. O Ibovespa operava em baixa de 1,2 por cento.

A GP e a Equity International estão avaliando em quanto estariam dispostas a elevar a oferta por ativos da Gafisa, disse hoje o Valor Econômico, citando uma pessoa com conhecimento do assunto, sem identificá-la. A proposta inicial teria sido pela Gafisa e pela Tenda SA e chegado ao valor de R$ 1 bilhão, segundo o jornal.

A reação do mercado está “totalmente” ligada a uma possível nova oferta, disse Luciana Leocadio, analista da Ativa SA, por telefone do Rio de Janeiro. “Pagando um bom preço, o mais importante para empresa agora é se capitalizar.”

A Equity International, GP e Gafisa não quiseram comentar, segundo notas enviadas por e-mail pelas empresas.

A Gafisa rejeitou uma proposta de compra feita pela Equity International e a GP por considerar que a oferta subavaliava os ativos e negócios envolvidos, segundo comunicado ao mercado em 29 de fevereiro.