Fundos de ações de emergentes perdem US$ 1,56 bi, diz EPFR

Nos fundos dedicados a ações de mercados emergentes, a saída de capital somou US$ 1,56 bilhão, abaixo dos US$ 3,05 bilhões perdidos na semana passada

São Paulo – Os fundos dedicados a mercados emergentes registraram saída de capital na semana encerrada em 19 de fevereiro, a 17ª consecutiva de fluxo negativo de recursos, segundo dados da EPFR Global compilados pelo Morgan Stanley.

No entanto, o volume de capital que deixou esses fundos diminuiu em relação à semana anterior.

Nos fundos dedicados a ações de mercados emergentes, a saída de capital somou US$ 1,56 bilhão, abaixo dos US$ 3,05 bilhões perdidos na semana passada.

Os maiores fluxos negativos foram registrados na China (-US$ 510 milhões), na Coreia do Sul (-US$ 200 milhões) e na Rússia (-US$ 180 milhões).

Já os fundos dedicados a mercados desenvolvidos tiveram entrada de capital de US$ 14,5 bilhões na semana, com os EUA em destaque com um fluxo positivo de US$ 8,3 bilhões.

Com relação aos fundos dedicados a bônus de mercados emergentes, houve saída de US$ 1,24 bilhão.