Fitch rebaixa ratings dos bancos Cacique e Pecúnia

Bancos brasileiros são controlados pelo Société Générale

São Paulo – A agência de classificação de risco Fitch rebaixou os ratings de viabilidade e individual do Banco Cacique S.A. e do Banco Pecúnia. O rating de viabilidade do banco Cacique passou de “b+” para “b-“, enquanto o individual passou de “C/D” para “D/E”. Já o rating de viabilidade do Pecúnia desceu de “b+” para “b-” e o individual de “D” para “D/E”.

A Fitch destaca que o rebaixamento dos ratings de viabilidade reflete o fraco desempenho e as altas perdas líquidas das instituições no terceiro trimestre do ano, assim como a expectativa da agência de que os resultados de curto e médio prazo serão modestos “no melhor dos cenários”. Segundo a agência, esse fato pode levar “à necessidade de futuras injeções de capital por parte do controlador”.

Ainda segundo a agência, mais uma piora nos índices de desempenho e da flexibilidade financeira, assim como um aumento das taxas de inadimplência, podem levar a um novo rebaixamento dos ratings. No sentido oposto, uma “retomada de lucratividade sustentável, dado o contínuo processo de reestruturação dos balanços”, pode beneficiar o rating.

Os bancos Cacique e Pecúnia são integralmente controlados pelo Société Générale Brasil S.A (SGBr).