Fitch eleva rating da Suzano com perspectiva positiva

Agência elevou o rating de BB- para BB e alterou a perspectiva da classificação para positiva

São Paulo – A agência de classificação de risco Fitch elevou o rating da Suzano Papel e Celulose de BB- para BB e alterou a perspectiva da classificação de estável para positiva.

Segundo a Fitch, “a elevação do rating reflete a expectativa de que a alavancagem líquida será reduzida para três vezes e meia ou abaixo disso até o fim de 2015”, argumentou a agência em comunicado.

A Fitch afirmou que o principal fator de redução da alavancagem é a evolução das operações na usina de celulose do Maranhão, que foi inaugurada no fim de 2013 e deve atingir capacidade total de produção durante o próximo ano.

“Essa usina, que tem capacidade anual de produção de 1,5 milhão de toneladas, deve aumentar o Ebitda anual da Suzano de cerca de US$ 775 milhões em 2013 para mais de US$ 1,1 bilhão até o fim de 2015”, observou a agências.