Fitch dá nota à emissão do BTG Pactual

Agência de classificação de risco atribuiu rating preliminar “BB” à emissão de notas subordinadas do banco

São Paulo – A <strong><a href="https://exame.abril.com.br/topicos/fitch" target="_blank">Fitch </a></strong>atribuiu rating preliminar de longo prazo em moeda estrangeira “BB” à emissão de notas subordinadas do <strong><a href="https://exame.abril.com.br/topicos/btg-pactual" target="_blank">BTG Pactual</a></strong> (BBTG11) que serão feitas através da agência do banco nas Ilhas Cayman. Em comunicado, a agência explica que a nota é restringida pela “limitada, porém crescente, diversificação do balanço e do fluxo de receitas”.</p>

O montante do principal, que venderá em setembro de 2022, e a taxa de juros (cujo pagamento será semestral) serão determinados na data da emissão. O banco usará os recursos para “finalidades gerais”.

“As notas serão classificadas, no mínimo, na mesma condição de outras dívidas subordinadas semelhantes do banco e contarão com um mecanismo cumulativo de diferimento do cupom que poderá ser exercido, se necessário”, disse a agência em nota.

O rating está dois graus abaixo do rating de viabilidade do banco, que é “bbb-“. Segundo a Fitch, uma das reduções reflete as características de severidade de perda e a condição de dívida subordinada. A outra, o risco moderado de falha no desempenho.