Euro opera estável antes de reunião de líderes europeus

Os traders cambiais aguardam o resultado de reuniões políticas da zona do euro em Roma e Luxemburgo

Londres – O euro opera perto da estabilidade durante uma sessão calma na Europa, enquanto os traders cambiais aguardam o resultado de reuniões políticas da zona do euro em Roma e Luxemburgo e continuam cautelosos antes da cúpula dos líderes da União Europeia, marcada para a próxima semana.

O euro ampliou inicialmente a forte queda observada na sessão desta quinta-feira nos EUA, à medida que os negociadores na Europa digeriam o rebaixamento de 15 grandes empresas financeiras pela Moody’s. A moeda caiu para uma mínima de US$ 1,2519, enquanto as bolsas abriram mais fracas, conduzidas pelas ações dos bancos.

Mas dados da economia da Alemanha ajudaram a impulsionar o euro para o nível de US$ 1,2550. Embora o índice de confiança das empresas, medido pelo Instituto Ifo, tenha caído para o seu menor patamar em dois anos em junho, o declínio não foi tão severo quanto a queda em maio e isso foi suficiente para colocar um piso sob o euro e dar suporte ao sentimento do mercado, no geral.

A moeda comum foi, todavia, incapaz de aumentar seus ganhos porque alguns investidores estão de lado antes do fim de semana e à espera de notícias de esperada reunião dos líderes da França, Alemanha, Espanha e Itália, em Roma, que será seguida de entrevista coletiva às 11h (de Brasília).

“(Angela) Merkel, (François) Hollande, (Mario) Monti e (Mariano) Rajoy deverão fornecer mais detalhes dos planos para o progresso na direção de uma união fiscal e bancária, e Rajoy deverá fazer um pedido formal de ajuda” para os bancos espanhóis, disse Adam Cole, estrategista cambial da RBC Capital Markets, em Londres.

Às 8h40 (de Brasília), o euro estava em estável em US$ 1,2540. O dólar estava em 80,29 ienes, de 80,27 ienes ontem. A libra estava em US$ 1,5601, ante US$ 1,5592 ontem. As informações são da Dow Jones.