EUA: Ações da Tesla sobem 2% após anúncio de preço do Model 3

Companhia norte-americana divulgou que modelo sedã do veículo será vendido por 78 mil dólares

As ações da Tesla subiram cerca de 2 por cento nesta segunda-feira, com os investidores entusiasmados pelo preço de 78 mil dólares colocado pela empresa na versão completa do sedã Model 3.

Separadamente, a empresa de pesquisa Berenberg elevou sua meta de preço para as ações da Tesla para 500 dólares, ante 470 dólares, dizendo que as metas de margem da empresa para o carro agora são uma realidade e não apenas uma esperança.

A previsão anterior de Berenberg já era a mais otimista de Wall Street e se compara ao preço atual da companhia de 288 dólares, cerca de 100 dólares abaixo do pico de setembro de 2017.

O presidente-executivo Elon Musk disse no Twitter neste fim de semana que Tesla se concentraria inicialmente em entregar a versão completa do Model 3, que vem com diversas funcionalidades, mas não com o recurso de piloto automático.

“O custo de todas as opções, rodas, pintura, etc está incluído (além do piloto automático). O custo é 78 mil dólares. Mais ou menos como o BMW M3, mas 15 por cento mais rápido e com melhor manuseio. Vai vencer qualquer coisa da mesma classe na pista”, Musk tuitou.

Um BMW M3 custa 66 mil e 500 dólares, enquanto o modelo S da Tesla começa em 74 mil e 500 dólares.

Analistas dizem que o crescimento futuro da Tesla depende do sucesso do Model 3, o veículo mais acessível da empresa até hoje, com um preço base de 35 mi dólares. Até agora, a companhia tem lutado para aumentar a produção e não conseguiu atingir uma série de metas semanais de fabricação.