Esquerdistas no PSL; o que vem depois da 4ª do pânico e tudo para ler hoje

Leia as principais notícias para começar esta quinta-feira (15) bem informado

São Paulo — Leia as principais notícias para começar esta quinta-feira (15) bem informado:

As quentes do dia

Após a quarta do pânico, investidores miram balanços e bancos centrais
A maior aposta do dia é que bancos centrais nos Estados Unidos e na Europa responderão com firmeza contra o temor de recessão global

Aposta de economista que mais acerta é que Brasil evitará nova recessão
Tony Volpon, cuja previsão do PIB trimestral em três leituras seguidas foi a mais acertada, calcula que a economia tenha crescido 0,2% de abril a junho

PSL de Bolsonaro cresce com 10 mil ex-filiados que eram do PT e de outros partidos de esquerda
De acordo com a Folha, partido quer chegar a um milhão de membros, mas expulsão de Frota dá recado de que cúpula quer alinhamento ao presidente

Petrobras quer vender termoelétricas e, ao mesmo tempo, crescer em energia
Em 2016, estatal tentou vender termoelétricas, mas não teve sucesso

Crescimento da economia global pode ser abaixo de 3%
Guerra comercial entre Estados Unidos e China pode afetar economia dos dois principais países

Ação antiga do PSL sobre prisão temporária pode por Lava-Jato na berlinda
Ação direta de inconstitucionalidade foi pedida pelo PSL, em 2004, antes das prisões temporárias serem um instrumento utilizado pela operação Lava-Jato

Política e Mundo

Raquel Dodge é contra abertura de investigação sobre Moro no caso hackers
PGR enviou ao STF parecer contrário à abertura de investigação criminal contra o ministro por abuso de autoridade e violação de sigilo na Operação Spoofing

Câmara aprova urgência para projeto de registro e posse de armas
Proposta enviada pelo governo revoga parte das medidas anteriores sobre a posse e a comercialização de armas editadas pelo presidente Jair Bolsonaro

Encurralado, Macri anuncia pacotão populista, mas não segura bolsa
Presidente argentino anunciou medidas que incluem o segundo aumento de salário mínimo do ano, bônus salariais e alívio tributário para a classe média

Enquanto você desligou

Câmara rejeita todos os destaques e conclui votação da Liberdade Econômica
Após 12 alterações rejeitadas pelos deputados, proposta passa agora para votação no Senado Federal

BC anuncia venda de dólares à vista pela primeira vez desde 2009
Instituição informou que, de 21 a 29 de agosto, fará ofertas simultâneas de 550 milhões de dólares à vista

Governo prevê levantar R$600 mi com leilão da Lotex
Segundo secretário do Ministério da Economia, foram feitas adaptações no edital para torná-lo mais atraente para investidores

Via Varejo reverte lucro e fecha 2º trimestre com prejuízo
O Ebitda ajustado da empresa é de 388 milhões de reais no período, uma queda de 38,7% na comparação anual

Natura tem salto no lucro do 2º trimestre com vendas fortes
O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) cresceu 27%, para 424,7 milhões de reais

Marfrig reverte prejuízo e tem lucro no 2º trimestre e mantém previsões
O Ebitda ajustado da empresa foi de 1,11 bilhão de reais, alta de cerca de 13% no comparativo anual

Lucro da Ultrapar cai quase pela metade no 2º tri
O grupo registrou um resultado de R$ 120 milhões, abaixo da previsão de analistas que esperavam algo em torno dos R$ 250 milhões

JBS tem lucro líquido de R$2,18 bi no 2º trimestre
O Ebitda da empresa (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou 5,099 bilhões de reais

TAG prevê investimentos de R$ 1 bi em 5 anos, diz CEO
De acordo com Gustavo Labanca, investimentos serão feitos principalmente em manutenção e medidas de reforço de segurança da transportadora

Agenda

Nesta quinta-feira (15), a nova edição da revista EXAME chega às bancas. Nos EUA, o Fed divulga seu Índice Empire State de Atividade Industrial, do mês de agosto que mostra a saúde do setor manufatureiro no Estado, enquanto o Fed da Filadélfia faz o mesmo em sua região. Já o Census Bureau solta os dados de vendas no varejo, em julho, que dá uma panorama da confiança — e dos gastos — do consumidor, e também atualiza os estoques das empresas, medidor da demanda do consumidor, de junho. Também é dia de conhecer os números da produção industrial do mês de julho.

O Bureau of Labor Statistics libera informações sobre a produtividade do setor não agrícola e sobre o custo unitário da mão de obra, ambos do segundo semestre. E como acontece toda a semana, o Department of Labor divulga o número de pedidos de seguro-desemprego da semana anterior, nos EUA, o que é um primeiro indicio da força do mercado de trabalho. Por fim, o Departament of Treasury publica sobre as informações de transações líquidas de longo prazo, uma diferença entre as compras dos EUA de títulos estrangeiros e as compras de outros países dos títulos dos EUA.