Empire State Building pode sair da Bolsa de Nova York

A família Malkin, propietários do prédio, planeja lançar uma oferta pública de venda de uma nova empresa para controlar o edifício e tirá-lo da bolsa

Nova York – Os proprietários do Empire State Building de Nova York estudam a possibilidade de tirar o arranha-céu da bolsa.

O jornal “The New York Times” afirma que a família Malkin, proprietária do famoso arranha-céu de 102 andares, estuda a ideia de lançar uma oferta pública de venda de uma nova empresa que concentre os direitos de propriedade do edifício.

Para isso, antes terão que conseguir a aprovação de seu principal sócio, o gerente do patrimônio da famosa aristocrata Leona Helmsley, que morreu em 2007, aos 87 anos, com uma fortuna calculada em mais de US$ 5 bilhões.

O Empire State Building, situado na Quinta Avenida de Nova York, recebe a visita de milhares de pessoas por ano, que sobem em seu topo para contemplar a vista da cidade.