Eletropaulo dispara na Bolsa com reorganização societária

A AES Brasil e o BNDESPar passam a ser acionistas diretos da companhia

São Paulo – As ações preferenciais da AES Eletropaulo abriram o pregão em alta na manhã desta sexta-feira. Os papéis chegaram a subir 8,66% na máxima e eram negociados em 8,78 reais.

A companhia anunciou uma reestruturação societária. A AES Brasil e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por meio de seu braço de participação BNDESPar, passam a ser acionistas diretos da companhia.

Segundo o fato relevante, o objetivo da  reestruturação é simplificar as estruturas acionárias das companhias, promovendo maior agilidade na tomada de decisões e melhora na liquidez dos investimentos e na geração de caixa futura da AES Eletropaulo, estimada em torno de 700 milhões de reais até o final da concessão, o que contribuirá para redução do nível de endividamento.

A companhia explicou ainda que a reestruturação será precedida de proposta de conversão de até 10.823.521 ações ordinárias da AES Eletropaulo em preferenciais –na proporção de uma para uma–, com os mesmos direitos das atuais ações preferenciais da AES Eletropaulo.

Resultado trimestral

A AES Eletropaulo jé divulgou seus dados referentes ao terceiro trimestre deste ano. No período, a companhia teve prejuízo líquido de 32,5 milhões ante resultado também negativo de 5,2 milhões de reais em igual período de 2015.

O resultado operacional da companhia medido pelo Ebitda (lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização, na sigla em inglês) somou 134,4 milhões de reais, queda de 47,8% ante mesma etapa do ano passado.