El Tejar testará mercado para IPO com venda de títulos nos EUA

A maior produtora de grãos do mundo pode antecipar os planos de venda de ações de 2013 para o próximo ano dependendo da reação dos investidores à sua venda de títulos

São Paulo – El Tejar SA, o maior produtor de grãos do mundo, tem planos de fazer uma captação de até US$ 300 milhões com venda de títulos nos Estados Unidos este ano, antes de realizar uma oferta inicial de ações.

A empresa, com sede em Buenos Aires, pode antecipar os planos de venda de ações de 2013 para o próximo ano dependendo da reação dos investidores à sua venda de títulos, segundo Mario Lorencatto, diretor-financeiro da companhia. El Tejar pode vender títulos de sete anos a dez anos para arrecadar de US$ 200 milhões a US$ 300 milhões, disse Lorencatto.

“Temos visto um grande apetite dos investidores”, disse Lorencatto em uma entrevista no dia 6 de maio em São Paulo. “A venda de bônus vai servir como um teste importante para possivelmente antecipar o IPO.”

A empresa, que produz soja, milho e algodão, tem 1 milhão de hectares de terras plantadas na América Latina. O fundo Altima Partners LLP, de Londres, detém uma participação de 40 por cento na El Tejar, enquanto a empresa de private equity The Capital Group Companies, com sede em Los Angeles, tem cerca de 13 por cento.

El Tejar está buscando comprar terras nos EUA para plantar algodão e soja, segundo Lorencatto.

“Há alguns lugares que nos interessam, como Mississipi e Arkansas”, disse Lorencatto. “Vemos uma tremenda oportunidade surgindo no mercado de algodão na medida em que a demanda da China deve continuar forte.”