EasyJet sustenta recuperação em ações após elevar previsão

Ações europeias foram pressionadas na quinta-feira após o BCE dar menos detalhes que o mercado esperava sobre seu plano para comprar dívidas com garantias

Londres – Os índices de ações europeias se recuperavam de território “sobrevendido” nesta sexta-feira após as quedas mais fortes em vários meses, com o papel da companhia aérea britânica de baixo custo easyJet sustentando a alta depois que a empresa elevou sua projeção de lucro.

Às 8h01 (horário de Brasília), o índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 tinha alta de 0,47 por cento, a 1.341 pontos, recuperando-se após sua mais forte queda em um dia em 15 meses.

As ações da easyJet subiam mais de 6 por cento. As ações europeias foram pressionadas na quinta-feira após o Banco Central Europeu (BCE) dar menos detalhes que o mercado esperava sobre seu plano para comprar dívidas com garantias, que visa elevar a inflação e sustentar o crescimento econômico da estagnada economia da zona do euro.

Os índices FTSE da Grã-Bretanha e CAC da França subiam 0,8 e 0,5 por cento, respectivamente, embora ainda caminhassem para registrar quedas de mais de dois por cento na semana.

O mercado alemão está fechado devido a um feriado nacional. O FTSE e o CAC fecharam em território “sobrevendido” na quinta-feira com base no índice de 7 dias de força relativa, um indicador de ímpeto que compara a magnitude de ganhos recentes com perdas recentes.

Investidores agora devem mudar o foco para os dados de criação de vagas fora do setor agrícola nos Estados Unidos, que serão divulgados às 9h30 (horário de Brasília), buscando indícios sobre a força da maior economia do mundo e o provável rumo da política monetária do Federal Reserve, banco central dos EUA.