Dow Jones fecha em alta de 2,19%

Nova York – O índice Dow Jones Industrial, o principal de Wall Street, fechou em alta de 2,19% nesta sexta-feira, influenciado pela aprovação do plano de ajuste da Itália.

Esse indicador, que reúne 30 das maiores empresas americanas, somou 259,89 pontos, para 12.153,68. O índice seletivo S&P 500 avançou 1,95%, para 1.263,85 pontos, enquanto o indicador da bolsa eletrônica, a Nasdaq, subiu 2,04%, aos 2.678,75.

Em um dia no qual não foram divulgados dados macroeconômicos de relevância nem novidades empresariais de destaque, os olhares dos investidores nova-iorquinos estavam voltados para o outro lado do Atlântico, onde o Senado da Itália aprovou o plano de ajuste local.

Além disso, o novo governo grego de união nacional, com Lucas Papademos como primeiro-ministro, prestou juramento e deve começar em breve a adotar os acordos firmados com a zona do euro e o Fundo Monetário Internacional (FMI) para salvar o país da quebra e convocar eleições antecipadas.

Os 30 componentes do Dow Jones fecharam o pregão em alta, liderados pelo grupo Disney, que avançou 5,95% um dia após anunciar que fechou o ano fiscal de 2011 com lucro líquido de US$ 4,807 bilhões.

No mercado Nasdaq, o gigante Apple terminou o pregão em leve queda de 0,16%. Google (2,23%), Microsoft (2,40%), AOL (2,79%), Yahoo! (2,01%) e Netflix (3,09%), entre outros, tiveram altas expressivas.

Em outros mercados, o preço do Petróleo Intermediário do Texas fechou a US$ 98,99 o barril, o ouro avançou a US$ 1.789,40 a onça, o dólar perdia terreno frente ao euro (que era cotado a US$ 1,3743) e a rentabilidade da dívida pública americana a dez anos caía para 2,05%. EFE