Dow e S&P estão estáveis, Nasdaq cai após máxima de 12 anos

Ações do setor de tecnologia estavam ligeiramente em baixa, depois de dados piores do que o esperado da China

Nova York – Wall Street tinha poucas variações nesta segunda-feira com investidores respirando após ganhos recentes, à espera de uma ação de política monetária por parte do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, no final desta semana.

Às 14h08 (horário de Brasília), o indicador Dow Jones tinha variação positiva de 0,06 por cento, a 13.314 pontos, enquanto o S&P 500 tinha desvalorização de 0,08 por cento, a 1.436 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,42 por cento, a 3.123 pontos.

O índice S&P 500 subiu 2,2 por cento na última semana para atingir máxima que não era vista em quase cinco anos, e o Nasdaq atingiu o maior nível em 12 anos, levando os investidores a vender ações de grande companhias de tecnologia que foram bem o ano todo.

Ações do setor de tecnologia estavam ligeiramente em baixa, depois de dados piores do que o esperado da China. As ações da Apple, a empresa de capital aberto com o maior valor de mercado do mundo, perdiam mais de 1 por cento.

Expectativa de mais medidas de estímulos por parte do Fed e do Banco Central Europeu (BCE) sustentaram os mercado nas últimas semanas. Os dados decepcionantes de emprego nos Estados Unidos na sexta-feira aumentaram essas expectativas.

“O mercado está tendo um respiro hoje, esperando por notícias positivas da Europa e do Fed”, disse diretor de gestão da Rosenblatt Securities, em Nova York, Joe Benanti.

O Fed irá divulgar a sua decisão na quinta-feira sobre se irá fazer mais compras de títulos para manter as taxas de juros baixas.

Investidores também estão esperando uma decisão na quarta-feira do Tribunal Constitucional da Alemanha sobre a legalidade do fundo de resgate permanente da zona do euro, o que pode atrapalhar os planos do BCE de uma compra substancial de dívida de curto prazo.