Dow e S&P-500 têm níveis recorde na bolsa de NY

Os índices Dow Jones e S&P-500 fecharam em níveis recorde, o S&P-500 pela 50ª vez neste ano e o Dow pela 35ª vez

Nova York – A Bolsa de Nova York fechou em alta pela quarta sessão consecutiva, acelerando seus ganhos à tarde.

Os índices Dow Jones e S&P-500 fecharam em níveis recorde, o S&P-500 pela 50ª vez neste ano e o Dow pela 35ª vez.

O volume de negócios foi reduzido, por causa dos feriados do fim do ano.

“As pessoas estão bastante cansadas depois da volatilidade da semana passada”, disse Ian Winer, da Wedbush Securities.

Dois indicadores foram divulgados pela manhã nos EUA: o índice de atividade nacional do Fed de Chicago subiu a +0,73 em novembro, de +0,31 em outubro; as vendas de imóveis residenciais usados caíram 6,1% em novembro, para a média anualizada de 4,93 milhões de unidades; os economistas previam 5,20 milhões.

“As taxas de juro permanecerão extremamente acomodatícias em termos históricos, diante de um cenário de melhora econômica. Isso é bom para os ativos de risco e especificamente para as ações”, disse o estrategista Stephen Woods, da Russell Investments.

As ações do setor de petróleo caíram, acompanhando a nova baixa dos preços do produto (ExxonMobil -0,33%, Chevron -0,80%).

Entre os destaques da sessão estavam as ações da AbbVie, que caíram 1,11% depois de a gestora de planos de saúde Express Scripts Holdings anunciar que a única opção para pacientes de hepatite C será um medicamento produzido pela empresa; isso deverá reduzir a participação nesse mercado da Gilead Sciences, cujas ações caíram 14,34%.

Entre as componentes do Dow Jones, os destaques foram Boeing (+1,58%), Cisco Systems (+1,62%) e Intel (+2,31%).

O índice Dow Jones fechou em alta de 154,64 pontos (0,87%), em 17.959,44 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 16,04 pontos (0,34%), em 4.781,42 pontos.

O S&P-500 fechou em alta de 7,89 pontos (0,38%), em 2.078,54 pontos. Fonte: Dow Jones Newswires.