Dólar zera queda ante real após comentários de Bernanke

O presidente do Fed disse que o banco ainda não está pronto para afrouxar mais a política monetária

São Paulo – O dólar zerava a queda ante o real nesta quinta-feira, reagindo à piora no humor global após o chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, dizer que o Fed ainda não está pronto para afrouxar mais a política monetária.

Às 12h21, a moeda norte-americana era cotada a 1,574 real na venda, estável em relação à véspera, após recuar na maior parte da manhã.

No mesmo horário, o dólar também anulava as perdas ante uma cesta de divisas <.DXY>, enquanto o euro virava ao terreno negativo.

Investidores repercutiam negativamente a fala de Bernanke no segundo dia de audiência no Comitê Bancário do Senado.

O chairman do Fed afirmou que o banco central não está pronto ainda para oferecer mais estímulos, notando que a inflação subiu desde o final de 2010 e que a situação atual é um pouco diferente de quando o Fed implementou o “quantitative easing 2”, no ano passado.

Os comentários pareciam ir na contramão do que Bernanke dissera na véspera, jogando uma ducha de água fria nos mercados, que se animaram na quarta-feira com a sugestão de mais liquidez à frente.

Os principais índices de ações em Nova York <.DJI> <.IXIC> <.SPX> reduziam os ganhos, enquanto o Ibovespa <.BVSP> aprofundava as perdas a cerca de 1,3 por cento.