Dólar sobe no início da sessão, em linha com exterior

Banco Central dará continuidade às intervenções diárias, ofertando até 4 mil swaps cambiais

São Paulo – O dólar tinha leve alta na abertura da sessão desta quarta-feira, em linha com as oscilações da divisa dos Estados Unidos em relação a outras moedas emergentes, após a indústria chinesa encolher pelo quarto mês consecutivo, embora num ritmo mais moderado, de acordo com a pesquisa preliminar do Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

Às 9h12, o dólar avançava 0,10 por cento, a 2,2438 reais na venda, após fechar a véspera com alta de 0,27 por cento.

Logo mais, o Banco Central dará continuidade às intervenções diárias, ofertando até 4 mil swaps cambiais, que equivalem a venda futura de dólares, com vencimento em 1º de dezembro deste ano e 2 de março do próximo ano. A operação ocorrerá entre 9h30 e 9h40 e o resultado será divulgado a partir das 9h50.

Em seguida, fará mais um leilão para rolar os swaps que vencem em 2 de maio, com oferta de até 10 mil contratos. Até agora, o BC já rolou cerca de 62 por cento do lote total, que corresponde a 8,733 bilhões de dólares.